Espaço alternativo de convivência pedagógica com atividades diárias de arte, cultura e educação como elementos dialógicos de integração e convivência comunitária, fortalecendo a concepção de territórios educadores no desenvolvimento de oficinas de teatro, dança-afro, capoeira, dança de rua, danças populares, informática e multimídias. E stá consolidado como um espaço de articulação e oportunidades sociais para 120 adolescentes e jovens, na faixa etária de 12 a 17 anos, investindo na formação de sujeitos culturais, criativos e responsáveis com uma nova perspectiva de convivência social, baseada no respeito à diferença, na generosidade e no sentido de pertencimento planetário. Atua exclusivamente junto a grupos socialmente vulneráveis, potencializando o fortalecimento e a autonomia de todos os indivíduos que compõem seu espectro de ações.

  • Enquanto filosofia de trabalho, o Projeto mantém os seguintes princípios básicos:
  • Educação libertadora visando a transformação das relações sociais;
  • Educação horizontal e participativa;
  • Fortalecimento da cidadania;
  • Diálogo permanente com a realidade;
  • Priorização no desenvolvimento das potencialidades emocionais, cognitivas e sociais;
  • Resgate das tradições e fortalecimento da identidade;
  • Promoção do sujeito histórico-social;
  • Ressignificação da concepção de mundo e a construção de novos paradigmas culturais e artísticos;
  • Garantia de acesso ao conhecimento, cultura e cidadania na perspectiva do empoderamento aos direitos sociais;
  • Fomento da vivência da ética cristã e dos valores evangélicos numa perspectiva ecumênica envolvendo famílias e comunidade;
  • Celebração da vida e o compromisso com a esperança;